Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Relatório de comércio eletrônico: Brasil

O maior país da região América do Sul e da América Latina é o Brasil. Quando nós pensamos do Brasil uma música vibrante entra em nossa mente com colorido, elementos festivos do país. Mas hoje o nosso foco não é jogadores de futebol talentoso ou o festival de samba. Prisync Blog contém um exame anterior do setor de comércio eletrônico do Brasil em aqui Mas sabemos que atualizando faz perfeito J nós veremos os principais pontos fortes e as oportunidades do setor de comércio eletrônico do Brasil com você. Está pronto para mergulhar?

O Brasil é o 9th maior setor de comércio eletrônico do mundo. Entre os países da América Latina, O Brasil é o único que está no top global 10 do e-commerce. Vendas do comércio electrónico em 2015 chegaram a $19.8 bilhões e é esperado para chegar a $22.5 bilhões em 2016. O estimativas no sentido 2019 mostram que, $30.1 bilhões de valor de um mercado de comércio eletrônico está à espera de Brasil. Esta informação emocionante nos faz saber o que faz o Brasil especial. Aqui estão alguns detalhes para mantê-lo impressionado.

Mais do que 50 por cento dos brasileiros têm acesso à internet e 60 por cento usa dispositivos inteligentes. Isto sugere uma oportunidade boa de m-commerce para o mercado de comércio eletrônico brasileiro. O povo brasileiro experimentaram uma expansão em sua renda, que aumentou a parcela da classe média. Isso afetou o aumento da demanda para commodities e aumento da actividade comercial no mercado, bem como. Desde que a Comunidade está ativa na internet a expansão do mercado de comércio eletrônico não parecem ser afetados por outros desafios macroeconómicos. As pessoas estão à procura de bons preços on-line, e isso leva-los para compras transfronteiras, que é uma boa notícia para os novos operadores do mercado do exterior.

De acordo com este artigo, o mercado de m-commerce está ficando mais forte dia a dia. As principais transações estão ocorrendo através de Pcs, mas o uso móvel está crescendo ferozmente. Um estudo de 2014 por A.T.Kearney diz que 64% dos brasileiros, que são usuários freqüentes da internet, Prefiro fazer compras on-line. Brasileiros também estão mais satisfeitos por compras on-line contra compras na loja que é uma boa notícia para o mercado de comércio eletrônico. Categorias mais populares são a moda, saúde / cosméticos. Magazine Luiza, Extra e Dafiti são os principais intervenientes no mercado de m-commerce. Wallmart é também um intruso ativo que leva uma boa parte deste mercado. Coisas importantes para os clientes em m-commerce são estabelecer algumas coisas:

  • Mobile sites compatíveis,
  • Processos de segurança para aumentar a confiança,
  • Variedade de opções de pagamento,
  • Tamanhos de baixa app desde dispositivos móveis brasileiros faltam de armazenamento em geral.

Se você está interessado em começar um negócio no Brasil será um bom guia para você techinbrazil.com. Há um número de pontos legais, que você precisa seguir e também as regras de tributação são importantes para executar o seu negócio. Você pode conferir isto orientação para começar. É importante saber quais categorias não estão autorizadas a ser importado também. Um exemplo pode ser a categoria de alimentos.

A parte ativa da Comunidade está entre as idades de 35-49 e o segundo na linha acabou as idades 50. É importante satisfazer as suas necessidades e se familiarizar com o seu estilo de vida. Os clientes brasileiros fastly estão adotando novas tecnologias e como podemos ver os grupos de idade não são apenas a parte mais jovem. Uma coisa importante para eles é ter opções de pagamento diferentes. Hoje em dia as opções de pagamento mais utilizadas são os cartões de crédito e Boleto Bancário que é um bilhete para gastar. Cartões de débito não são o tipo de pagamento principal, mas está a seguir-cartões de crédito e Bilhetes. Os consumidores brasileiros preferem pagar em parcelas. Magazine Luiza, que é uma das marcas mais antigas e se estabeleceram de Brasil, Já viu esse comportamento e na verdade foi por isso. Forneceu um sistema financeiro para o povo brasileiro a loja deles com um crédito que eles podem pagar em parcelas que realmente funcionou muito bem.

Como já mencionado anteriormente no aqui, marketing de vídeo é uma tendência futura e não é diferente para o Brasil e-commerce. O Brasil tem a maior audiência de vídeo da América Latina. Os usuários brasileiros estão em que os jogadores em todo o mundo, tais como YouTube e Facebook. Suas plataformas de vídeo locais são Globo e UOL que seguem após os jogadores globais. O uso crescente da internet é um dos fatores para o crescimento do consumo de vídeo no país. Engraçado, virais e vídeos de música são os mais populares nesta área, entretanto, a assinatura a maioria são para canais de jogos e entretenimento.

Cliente melhoria linha de base do Brasil é promissor. O país tem um deslocamento ascendente nas suas vendas de comércio eletrônico e o m-commerce está seguindo esta tendência, bem. A fim de torná-la grande no Brasil móveis, vídeo marketing e diferentes opções de pagamento podem ser as palavras-chave. Comércio electrónico transfronteiras é apreciado e empresas locais também estão seguindo as tendências globais e integração-los às necessidades da comunidade brasileira. Manteremos um olho sobre o Brasil para e-commerce desde que está florescendo tão lindamente. Se juntar a nós, quando você pode.


Mercado de comércio eletrônico do Brasil está florescendo aumentando a internet e acesso móvel.

Clientes do e-commerce brasileiro, está à procura de produtos diferentes e bons preços.

Prisync oferece um sistema de rastreamento de preço on-line que permite que você compare seus preços com o mercado e ter o melhores preços em todo o mundo.

CADASTRE-SE GRÁTIS PARA PRISYNC AGORA!


Siga-no Twitter/LinkedIn/Facebook.


bemyguest

SEJA NOSSO CONVIDADO!

Você agora pode compartilhar sua voz em nosso blog. Prisync Blog agora aceita comentários de postagens de blog e você pode ver as orientações aqui. Se você já estiver escrevendo sobre ecommerce, ou pensar nisso, Só nos achar!

Posts relacionados